Em edição especial, Prêmio ABRADEE 2020 homenageia colaboradores das distribuidoras pela atuação durante a pandemia

0
24019

Cerimônia virtual com a participação do ministro Bento Albuquerque, o diretor da ANEEL, André Pepitone, e  outras autoridades do setor, ABRADEE destacou a importância de priorizar a imunização das equipes de campo das distribuidoras.

Brasília, 09 de dezembro de 2020 – Este ano, em função do atual contexto que o mundo todo vivencia com a Pandemia da Covid-19, o Prêmio ABRADEE, realizado pela Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica desde 1999, foi celebrado de uma maneira diferente nesta quarta-feira (09/12), de forma virtual. Em vez da tradicional premiação em reconhecimento às concessionárias que executaram as melhores práticas em diversas categorias, a 22ª edição do Prêmio ABRADEE homenageou todas as distribuidoras e seus colaboradores, com foco no reconhecimento aos esforços empenhados por cada uma delas, em suas respectivas áreas de concessão, para assegurar, durante uma crise mundial sem precedentes, a manutenção dos serviços elétricos, tão essenciais à população.

Por isso, os grandes protagonistas desta celebração foram colaboradores das 40 associadas da ABRADEE, que se mantiveram em operação nas ruas, cumprindo sua fundamental missão de garantir a energia elétrica para todos.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que não pôde participar online da cerimônia, enviou uma mensagem especial, parabenizando a ABRADEE pelos seus 45 anos de história. Em sua mensagem, Albuquerque elogiou a iniciativa do Prêmio ABRADEE, por incentivar a busca pelas melhores práticas das distribuidoras. Ele mencionou os atuais desafios do setor elétrico e do segmento da distribuição com a entrada de novas tecnologias, novos modelos de negócios e os ajustes necessários na regulação.

O presidente da ABRADEE, Marcos Madureira, destacou os desafios enfrentados pelas distribuidoras em função da crise gerada com a Pandemia da Covid-19. “Este Prêmio, que hoje entregamos, tem o objetivo de homenagear a todos os mais de 200.000 mil colaboradores que integram as equipes das nossas associadas, e que se dedicaram de forma desafiadora ao trabalho, que permitiu manter a qualidade de fornecimento e interações com os nossos consumidores de forma adequada, mesmo com as dificuldades e riscos trazidos pela Covid-19. Em especial, cabe uma justa homenagem às equipes de campo, que em nenhum momento deixaram de se expor aos riscos de contaminação para permitir que a população pudesse permanecer em suas casas com conforto e segurança”, observou.

Além disso, Madureira ressaltou a solicitação feita pela entidade aos ministérios da Saúde e Minas e Energia, de que as equipes de campo das distribuidoras, que continuam na linha de frente na prestação dos serviços à população, sejam priorizadas no plano de imunização da Covid-19, em 2021.

O diretor-Geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), André Pepitone, agradeceu a atuação da Abradee, sempre pautada pelo bom debate e o diálogo, e também destacou o empenho das equipes das associadas ao longo de 2020. “A premiação de hoje ganha contornos especiais, além dos 45 anos, quase meio século de serviços prestados pela ABRADEE, a edição deste ano do Prêmio traz essa homenagem a todas as empresas de distribuição, pelo esforço para manter o fornecimento em todo nosso país, mesmo nos piores momentos que vivenciamos da pandemia do novo Coronavírus”, observou Pepitone, homenageando os trabalhadores que atuam na linha de frente para garantir que este bem tão essencial chegue à casa de todos os brasileiros, e permitindo que todos pudessem se proteger, trabalhando em regime de home office.

Também participando da cerimônia, o diretor-Geral do Operador Nacional do Setor Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, destacou a importância da iniciativa do Prêmio ABRADEE para o aprimoramento do segmento, relembrando a época em que esteve à frente da Eletropaulo, m 2004, e a companhia havia vencido a premiação. “A Eletropaulo vinha de um momento difícil, e naquele ano fomos agraciados com o Prêmio ABRADEE. Foi uma alegria enorme. Aquilo tocou profundamente todos nós, trabalhadores”, relembrou.

Thiago Barral, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), observou que o ano de 2020 não foi um ano fácil diante, sobretudo, dos impactos da pandemia, mas afirmou que o setor elétrico brasileiro, a partir de um esforço coordenado de todos os agentes, mostrou resiliência e agilidade para se adaptar. “Além da capacidade de inovar nos processos e no atendimento aos consumidores. Por isso, nada mais justo que esta bela homenagem. Tudo isso foi possível graças ao comprometimento e responsabilidade dos profissionais que atuam na distribuição. Graças aos cuidados das empresas com a saúde de seus colaboradores, graças à seriedade na condução de cada atividade, foi possível levar energia a cada consumidor brasileiro na pandemia ”, completou.

O conselheiro da CCEE, e ex-diretor da ABRADEE, Marco Delgado, parabenizou a entidade pelos 45 anos e pelo reconhecimento aos trabalhadores das empresas de distribuição. “Ao reconhecer os profissionais das distribuidoras, nesse momento ímpar, sem precedentes na história contemporânea, que estiveram na lida, no campo, expondo-se a riscos adicionais, para garantir um bem coletivo à sociedade, a continuidade do fornecimento de energia elétrica. Mais do que cumprir uma missão, foi um ato de fraternidade. A todas as eletricistas, os eletricistas, e demais profissionais que atuaram nesse objetivo, nossos efusivos agradecimentos”, destacou.

Participaram ainda da cerimônia a Secretaria Nacional do Consumidor (SENACOM), Juliana Domingues, e o presidente do Fórum das Associações do Setor Elétrico (FASE), Mário Menel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here