ENEL DISTRIBUIÇÃO SÃO PAULO DÁ DICAS DE ECONOMIA E SEGURANÇA PARA ILUMINAÇÃO DE NATAL

0
823
  • Distribuidora orienta sobre como instalar decorações luminosas sem riscos e utilizando energia de forma eficiente;
  • Uso de equipamentos com tecnologia LED pode reduzir em até 80% consumo de energia da decoração

 

São Paulo, 26 de novembro de 2020 – Com a proximidade do período de festas de fim de ano, a Enel orienta seus clientes sobre a utilização segura e eficiente de decorações e luzes natalinas. Se não instaladas e utilizadas de forma correta, elas podem oferecer riscos às pessoas, já que a maior parte dos acidentes com eletricidade acontece por falta de informação, atenção ou pelo uso errado de materiais e ferramentas. Além disso, é preciso estar atento aos impactos no valor da conta de luz.

 

Para fazer uma boa instalação de iluminação de Natal, primeiramente é preciso identificar o local e dimensionar corretamente os enfeites natalinos. Em seguida, deve-se providenciar as ligações e fazer o isolamento de emendas e tomadas. Os clientes também devem prestar atenção ao uso de benjamins ou “T”s, já que esses equipamentos concentram em um só ponto intensidade de correntes elevadas, o que pode provocar aquecimento e até causar um princípio de incêndio.

 

A Enel orienta que os clientes também estejam atentos à instalação de adereços luminosos na área externa da residência. Se não forem adotadas medidas preventivas, as chances de choque elétrico e curto-circuito são maiores, já que a ação do tempo pode ressecar a fiação e a presença de água pode potencializar os efeitos da condução da corrente elétrica.

 

Como economizar energia

Na hora de adquirir os “pisca-piscas”, é importante atentar para uma informação dada em watts (W), contida na embalagem, que corresponde à potência demandada por determinado produto. Quanto maior for a potência, maior será o consumo do enfeite de Natal. Vale lembrar também que deixar o pisca-pisca aceso por menos tempo vai gerar um consumo menor de energia. Outra boa dica é utilizar produtos com a tecnologia Led que, além de contribuírem para a redução de até 80% do consumo de energia, também são mais seguros.

 

Outras dicas de segurança:

 

  • Desligue o pisca-pisca da tomada de energia ao substituir lâmpadas e nunca execute esse procedimento puxando a tomada pela fiação;
  • Revise as instalações elétricas da residência antes de iniciar a decoração;
  • Na compra dos artefatos luminosos, procure os produtos homologados e com selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Produtos sem a homologação podem provocar superaquecimento, curto-circuito e princípio de incêndio;
  • Não coloque as luzes próximas a enfeites feitos de papel ou cartolina, por exemplo. O ideal é não usar esse tipo de decoração na árvore se a ideia é colocar pisca-piscas nela;
  • Estabeleça um horário definido para ligar e desligar, sendo o ideal das 18h à meia-noite, evitando desperdício de energia e riscos de acidentes e princípio de incêndio;
  • Evite deixar a instalação em área sujeita à chuva ou alagamento e não deixe a fiação ao alcance de crianças;
  • Não instale o conjunto de lâmpadas decorativas em estrutura metálica e pontiaguda;
  • Não permita que crianças manuseiem os pisca-piscas, cordões e fitas luminosas, deixando-os fora do alcance de menores;
  • Os fios desencapados provocam choques, curtos-circuitos e, às vezes, incêndios. Passar fios por baixo de tapetes ou por trás de cortinas também pode causar incêndios.

 

Em caso de acidente:

 

  • Isole o local para que não haja a aproximação de pessoas e jamais toque em fios partidos;
  • Não retire objetos ou pessoas que estejam em contato com fios até que um profissional qualificado assegure que a energia foi desligada;
  • Acione imediatamente o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193, e a Enel Distribuição São Paulo pelo número 0800 72 72 196.

 

Sobre a Enel Distribuição São Paulo

A Enel Distribuição São Paulo é uma empresa da multinacional de energia Enel. A companhia é a maior distribuidora do país em número de clientes e atende 7,2 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista, um dos principais centros econômico-financeiros do Brasil e do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here