ENEL DISTRIBUIÇÃO SÃO PAULO REMOVE 25,5 TONELADAS DE FIOS E INICIA O PLANTIO DE MUDAS NA REGIÃO DA VILA OLÍMPIA

0
2332
  • Iniciativa valoriza a estética do bairro e integra o projeto Urban Futurabilty;
  • Plantio de mudas contempla espécies nativas compatíveis com a região;
  • Distribuidora removeu postes e cabos de telecom

 

São Paulo, 03 de dezembro de 2020 – A Enel Distribuição São Paulo, maior concessionária de energia elétrica do Brasil, finalizou a remoção de 304 postes e 25,5 toneladas de cabos de telecomunicação no bairro da Vila Olímpia, Zona Sul da Capital. Após a conclusão desta etapa, a distribuidora deu início ao projeto de arborização na região, com o plantio de 24 mudas de espécies nativas para substituir parte dos postes retirados. A ação teve início no dia 1º de dezembro e deve ser concluída até o final da próxima semana.

 

Para identificar quais espécies arbóreas eram as mais indicadas para conviver com o ambiente urbano, a distribuidora contratou a Casa da Floresta, consultoria ambiental especializada em biodiversidade e sustentabilidade. Também foi realizado um estudo de mapeamento de toda a rede elétrica da região para apontar os locais com condições técnicas para receber o plantio de árvores.

 

As espécies de mudas indicadas para a arborização urbana no local  e compatíveis com a infraestrutura do bairro são Ipê, Cerejeira do Mato, Suinã, Oiti, entre outras. A iniciativa foi aprovada pela Subprefeitura de Pinheiros e Secretaria do Verde e do Meio Ambiente. O projeto conta com o apoio da Associação Colméia Vila Olímpia, que irá promover, em parceria com a Enel Distribuição São Paulo, o plantio de 100 árvores na região.

 

“Nosso desafio e compromisso constante é ir além de levar a energia à população. Temos um olhar no futuro, mas com iniciativas no presente. Esta ação também valoriza a estética da região e mostra que a rede elétrica pode conviver em harmonia com o meio ambiente”, afirma o presidente da Enel Distribuição São Paulo, Max Xavier. As 24 árvores da distribuidora serão plantadas na Rua Funchal, Rua Gomes de Carvalho, Rua Olimpíadas, Rua Beira Rio, Avenida dos Bandeirantes, Alameda Vicente Pinzon, Alameda Raja Gabaglia e Avenida Doutor Cardoso de Melo.

 

Com a ressignificação de locais usados para postes de energia em canteiros verdes com árvores nativas da região, a Enel Distribuição São Paulo compartilha seus valores com a população local. A cobertura vegetal contribui com o sistema de drenagem, melhora a qualidade do ar e auxilia no combate às mudanças climáticas. A iniciativa, deste modo, reforça o compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), fortalecendo o patrimônio natural da Cidade de São Paulo.

 

No total,  a distribuidora removeu 304 postes e 25,5 toneladas de cabos de telecom. Na região da Vila Olímpia, a companhia já havia realizado a conversão da rede elétrica aérea para subterrânea, concluindo o enterramento em julho de 2018. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e as concessionárias de serviços públicos para o enterramento de cabos na capital paulista.

 

Essa ação integra uma iniciativa mais ampla que a distribuidora está desenvolvendo na região, o projeto Urban Futurability. “Esse projeto vai transformar a Vila Olímpia em um bairro digital e sustentável. A gestão da energia será feita por processos digitalizados e com inteligência artificial por meio da instalação de sensores que coletam dados sobre as condições da via”, complementa o responsável por Infraestrutura e Redes da Enel Distribuição São Paulo, Rosario Zaccaria.

 

O investimento no projeto de digitalização da região é de R$ 125 milhões, financiado por meio de recursos do Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

 

Foco na Sustentabilidade, Economia Circular e Meio Ambiente

Após a retirada dos postes, as equipes operacionais colocaram terra para tampar os buracos antes de finalizar a pavimentação, com material oriundo da escavação das obras do Urban Futurability.

 

O ciclo de vida destes equipamentos não acaba com a sua retirada. Todos os postes removidos passarão por um processo de reciclagem. É possível reutilizar o concreto e a armadura metálica, assim como o vergalhão e os anéis que fazem a conexão dos fios. Cada poste possui 10% de ferro e 90% de concreto.

 

Após a retirada, o poste é levado para uma base operacional e, posteriormente, recolhido por uma empresa parceira, que encaminha os equipamentos para seu terreno próprio e realiza a destruição e descaracterização. A parte de concreto passa por uma fragmentação e o resíduo gerado pode ser utilizado para pavimentação. Já as ferragens são vendidas para fundições em forma de sucata a granel.

 

Sobre a Enel Distribuição São Paulo

A Enel Distribuição São Paulo é uma empresa da multinacional de energia Enel. A companhia é a maior distribuidora do país em número de clientes e atende 7,4 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista, um dos principais centros econômico-financeiros do Brasil e do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here