Mensagem do Presidente

0
16899

2021: Energia renovada para lidar com novos e velhos desafios

A maior transformação do segmento de distribuição de energia elétrica se concretiza, cada vez mais, com os desafios da descentralização, eletrificação, descentralização e digitalização. São diversos aspectos de uma mesma raiz: Evolução tecnológica, que acontece com velocidade extraordinária e nos faz olhar para uma mesma direção que é a inovação. É essa inovação que vai permitir que as Distribuidoras continuem sendo o elo fundamental para levar a toda a sociedade energia elétrica, com qualidade, confiabilidade e menores custos. Para isso é fundamental que exista a separação das atividades relacionadas ao sistema elétrico de distribuição da comercialização de energia, com a adoção de tarifas que permitam os devidos sinais de preço a esses mercados.

O ano de 2021 inicia com desafios com os quais já temos lidado há algum tempo. Começo falando da Pandemia de Covid-19. Entramos neste ano novo mantendo os esforços no enfrentamento a esta doença e às consequências delas em nossas vidas, negócios, mercados. Entretanto, começamos com as esperanças renovadas, em especial, com a proximidade das vacinas para a imunização da Covid-19. Neste sentido, destacamos a solicitação feita pela ABRADEE, ainda em 2020, junto aos ministérios da Saúde e de Minas e Energia, para a priorização das equipes de campo no plano de imunização. A iniciativa tem sido reforçada agora, junto aos órgãos de Estado competentes, com o início da vacinação no Brasil.

Ainda sobre os impactos da Covid-19, permanecemos em busca do direito aos reequilíbrios das associadas, no âmbito da nova fase da CP 35 na Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), destacando os avanços que foram conquistados desde o início das tratativas.

E um “velho” desafio com o qual seguimos lidando bravamente diz respeito aos subsídios cruzados presentes na tarifa, em especial, o da Geração Distribuída. Iniciamos o ano de 2021 empenhados nessa batalha que já contou com múltiplos desdobramentos e atores. Neste tema, a Abradee segue com seu objetivo central de não permitir que subsídios s continuem onerando a conta dos consumidores do mercado regulado. Defendemos que os subsídios devem ter mérito social, devem ter prazo para acabar e ser transparentes à sociedade.

Tema atual, mas que também nos projeta para o futuro da distribuição e seus novos desafios, é a modicidade tarifária que já conta com a redução de 50% nos custos da distribuição nos últimos anos, juntamente com a busca permanente pela excelência dos serviços prestados. A pauta de modernização do setor elétrico, com iniciativas como a ampliação da abertura sustentável do Mercado Livre de Energia, e a separação do lastro e energia, serão fundamentais para o equilíbrio do setor elétrico no atendimento adequado aos consumidores brasileiros. Tema presente no PLS 232, MP 998 e no PL 1917, que a ABRADEE tem apoiado em diversos momentos.

Marcos Madureira
Presidente da ABRADEE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here